Como diferenciar a dor "normal" pós-treino de uma lesão? | CTC-MS

Torcer o pé correndo ou levar uma pancada no joelho jogando futebol são lesões fáceis de identificar --afinal, você sente a dor na hora, sabe bem o que a provocou e depois ainda pode ver sinais como inchaço, vermelhidão, hematoma.


Mas e quando aparece um desconforto inesperado nas costas, coxa, no joelho, no ombro? Como reconhecer se é uma lesão ou apenas uma dor "normal" por causa de um treino mais puxado que você fez no dia anterior?



É dor muscular pós-treino Ao começar uma nova modalidade esportiva, mudar as séries do treino, aumentar a carga nos exercícios ou fazer uma atividade que exige grande esforço (uma prova de corrida, por exemplo), é comum nos dias seguintes sentir, além de cansaço, uma dor muscular progressiva combinada com rigidez.


Os principais sinais da dor muscular pós-treino são:

  • Fadiga e rigidez muscular;

  • Dor mais generalizada (em toda a coxa ou peitoral, por exemplo, e não só em uma parte mais específica);

  • Falta de força;

  • Limitação dos movimentos leve a moderada.


A dor pós-treino costuma ter seu pico entre 24 a 48 horas depois da atividade física e durar até três a cinco dias. Muitas vezes, o desconforto não limita a prática de exercícios e diminuiu após um bom aquecimento. No entanto, se seu corpo estiver muito dolorido, é melhor não forçar a barra e descansar. Assim, você evita não "danificar" ainda mais a musculatura e gerar uma lesão.


É uma lesão

Se o desconforto muscular não diminuir em três a cinco dias após o treino ou for uma dor aguda e latejante, pode ser sinal de uma contusão. A presença de hematoma, vermelhidão ou inchaço local também são indícios de que você sofreu uma lesão. Outro indicador de que você está com uma lesão (ou sobrecarregando alguma região durante o exercício, o que em longo prazo pode levar a uma contusão) é sentir desconforto sempre no mesmo lugar ao se exercitar.


Por exemplo: se ao correr um dia você sente dor no quadril, no outro na lateral do joelho e no outro na canela, provavelmente a região só não se recuperou bem do esforço a que foi submetida no treino anterior. Agora, se toda vez que você vai correr a dor é na lateral do joelho ou no glúteo, algo está errado --e vale investigar, mesmo que não seja limitante.


Tenha em mente que atividade física nunca deve ser sinônimo de dor. Ao apresentar qualquer incômodo que não passa com repouso ou sempre volta, procure um médico para identificar a causa do problema.


Caso as dores nas costas persistam procure um especialista em coluna.


🏥 CTC-MS - Rua Cel. Cacildo Arantes, 543 - Chácara Cachoeira

⠀⠀⠀

Agende sua consulta com um de nossos médicos ortopedistas especialistas em coluna via WhatsApp 📲 (67) 99353-0839(67) 3015-3414.


👨‍⚕️ Médicos Especialistas em Coluna Vertebral⁣⁣:

Dr. Diogo B. Carvalho⁣⁣ | Dr. Eduardo M. Fasciolo⁣⁣ | Dr. Marcel M. Peres⁣⁣ | Dr. Ricardo M. Miranda


Diretor técnico: Dr. Diogo Barbosa de Carvalho | CRM MS 5424 | RQE 4074


Tratamentos

e cirurgia da

coluna vertebral

Agende sua consulta com um de nossos especialistas:

whatsapp-logo.png

Contato

Dúvida, sugestão ou crítica? Preencha o formulário ao lado e em breve responderemos.

Rua Cel. Cacildo Arantes, 543 Chácara Cachoeira

Campo Grande, MS

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Inscreva-se para receber notícias sobre

a saúde da sua coluna:

CTC-MS | CNPJ 26.964.313/0001-53 | Campo Grande/MS | Feito por | Todos os direitos reservados​ © 2020

Diretor Técnico

Dr. Diogo B. de Carvalho

CRM MS 5424